14 setembro 2009

FedEX

Neste blogue somos, praticamente, todos Pro-Federer.

Neste blogue também achamos que já é o melhor jogador de todos os tempos.

Mas neste blogue também achamos que para confirmar esse estatuto, Federer devia submeter-se a um teste de outra dimensão. Aqui fica o desafio:

Ganhar o Estremoz open, mas num novo piso, calçada portuguesa.

Local: Rossio Marquês de Pombal, Estremoz

E se Roger Federer aceitar, e conseguir demonstrar a todo o mundo que é superior em todos os pisos, rendo-me definitivamente! Venha quem vier...

16th Grand Slam? FedEX!

04 setembro 2009

verdades daquelas

Procurar emprego dá quase mais trabalho do que tirar pevides, caroços e grainhas da fruta.

Children Do







Duarte Cordeiro - Children See, Children Do!

Get on board



top award at the Cannes advertising festival. 2004

Queres entrar? lafinestradelmondo@gmail.com

03 setembro 2009

E é se querem

Procurar emprego em Portugal não é fácil, e a dificuldade aumenta com o nível de qualificação que se tem.

Esta aposta que foi feita através da oferta às grandes empresas de custos salariais baixos, é o grande problema da nossa economia. Os trabalhadores pouco qualificados são muitos e mal pagos, é a base da nossa economia.

E como está tudo ligado, foram esses baixos salários que acabaram por prevalecer em toda a economia. Hoje em dia o empregador sabe que um trabalhador com formação superior custa o mesmo que um trabalhador com a escolaridade mínima obrigatória.

Um dos grandes adeptos desta brilhante ideia era Manuel Pinho que andava aqui e ali a dizer que procurava investimento. Sabem o que é que ele oferecia? Salários baixos em Portugal!

Se acham que a coisa já mudou enganam-se.

Na minha pequena busca, chego às ofertas da faculdade e vejo:

"Oferta
GABINETE DE ESTRATÉGIA E ESTUDOS - MINISTÉRIO DA ECONOMIA E INOVAÇÃO

O GEE irá dispor de 3 vagas para estágios a iniciar em Setembro de 2009.
Os detalhes são os seguintes:

− Estágio não remunerado"

02 setembro 2009

já dei por mim a pensar nisto

quando é que sentimos que estamos em casa?

A resposta mais óbvia é quando nos sentimos bem, quando estamos perto da família, dos amigos, quando criamos aquelas rotinas... tudo certo!

Depois de um ano louco, de constantes viagens, durante a semana, ao fim-de-semana, nas férias, na ida e no regresso, tive de estabelecer outro critério.

Por mais estúpido que seja, neste momento, passo oficialmente a "estar em casa", a partir do momento em que consigo em poucos segundos acertar no ponto em que água do duche não está nem quente nem fria, está no ponto! Estou em casa!

Think out of the box/school

Repetimos os erros do passado, doutra forma.

Não vivi na altura da ditadura, mas dizem-me que não se podia fazer nada, escrever nada, ter a iniciativa de nada. Basicamente a educação dada era a que achavam suficiente para a manutenção do sistema.

Hoje apostamos no mesmo erro, mas doutra forma.

As crianças de hoje entram na escola, são formatadas, desde o primeiro ano da escolaridade obrigatória ao último ano do curso universitário que escolheram (os que tiveram oportunidade). O que interessa é passar. É "só" isto que queremos? Então e o empreendedorismo? O dar a possibilidade dos alunos criarem os seus projectos? A possibilidade de falharem e não cometerem erros quando for a sério? Como estamos a formar o verdadeiro Portugal de mudança? Como é que o estamos a apoiar?

Queremos formar apostando no cubículo da sua formação ou promover verdadeiros agentes de mudança da nossa sociedade, da sua escola, do seu bairro, da sua rua?

Formamos, mas limitamos. Dizemos tudo o que se pode fazer, mas também o que não se pode fazer. Será o correcto?

É verdade, não há ditadura, há programas e mais programas, há regras e mais regras, há leis e mais leis... Abertura, precisa-se!

01 setembro 2009

Tchubaruba



Say Tchubaruba!

Caso sério esta minina.

Bússola - Legislativas09

Agora há esta mania, qualquer eleição, faz-se uma bússola, como se isso fizesse a diferença, mas é divertido.

fica aqui o link para quem quiser perder uns minutinhos a saber qual é a sua orientação política para as eleições legislativas!

Agora reparem nesta pergunta: "Devemos desregular os mercados sempre que possível". Desregular, Liberalizar, Regular, Intervir, Estatizar... é de ficar a pensar na mente brilhante que escreveu isto.


Depois de umas curtas férias todos procuramos o Norte. O país procura um governo, as Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia as pessoas certas para a sua gestão.

Neste blogue também temos essa preocupação, cada um há-de ter a sua opinião sobre o que se avizinha, e vão dar a sua opinião, mas também procuramos outro Norte. Queremos ter mais colaboradores, um novo layout, quem sabe um novo alojamento... Mas o que queremos mesmo (falo por mim e pelo André), é ter emprego! Alguém sabe para onde é o norte neste país?