29 abril 2008

... do Fim-de-semana

Róis as unhas? - O Nistelrooy

Como é que te chamas? - Samuel E'too?

O Cardozo vale 9 milhões, o Victor Valdez.

17 abril 2008

14 abril 2008

O Planalto

Sabe-se que Lisboa é a cidade das 7 colinas. Mas se é de 7 colinas, porquê planalto?

Bem, parece que um grande engenheiro português afirma que Lisboa é afinal um grande planalto, pelo menos na zona onde diariamente a maior parte das pessoas se desloca.

Este engenheiro, especialista em vias de comunição e transportes (acho que é isto, mas o MB há-de confirmar), estuda a viabilidade de um sistema de bike sharing.

Agora que começa a discussão sobre a nova ponte. Quanto vai custar, quais os pontos que vai ligar, quais as implicações ambientais, qual a melhor forma de a financiar.

Algumas coisas já sabemos, como por exemplo, a melhor forma de a financiar. Mais uma concessão, umas portagens à entrada de Lisboa e o problema está resolvido.

Isto para quê? Passem pelos links que aqui vou deixar e imagem aquilo que podiamos poupar, ao Estado e ao Ambiente com uma solução bem mais prática e saudável para todos nós.


http://bike-sharing.blogspot.com/


http://www.greendaily.com/2008/02/20/london-gets-bike-sharing/

E já agora, uma coisa também bem importante e que serve mesmo que isto não vá para a frente:


Do the Test!



Clay Court

O ano passado foi assim...




Só para abrir o apetite.


Estoril Open

Começa hoje!

A certeza de pelo menos 4 portugueses no quadro principal, o jogador em melhor forma e o nº1 do mundo (para mim o melhor jogador de todos os tempos), vão dar vida ao pequeno complexo do Jamor.

O circuito ATP vai emagrecer e precisamos de todos os trunfos do nosso lado para que o grande Estoril Open não desapareça nos moldes em que o conhecemos hoje. Precisamos de mais e melhor.

Mais apoios e melhores instalações.

Mais novidades durante a semana :)

Perfect day!

Wake up: 10 am

Tennis: 12 pm

Estoril Open: 16 pm

Sporting: 19 pm

13 abril 2008

Sonhos

É recorrente, em muitos dos meus sonhos há desastres com aviões.

Tive medo numa das viagens, o banco não segurava. Troquei de lugar, fiz a viagem a dormir e não vi as luzes de Lisboa à noite, foi a única vez.

Agora, os aviões aterram de emergência em praias desconhecidas, despenham-se contra edifícios, têm problemas durante grandes viagens.

Ontem. Avião da British Airways, azul. As pessoas saltam do avião que acaba de aterrar... no rio. Não sei qual era, sei que não era familiar.

12 abril 2008

Férias

Férias. Férias. Barba. Calças de ganga. T-shirt.

Preciso de sentir que tenho vida. Útil. Podemos ser grandes a fazer pequenas coisas. Podemos ser grandes a fazer pequenas coisas, que gostamos. Podemos ser grandes a fazer pequenas coisas, que gostamos, que sabemos e que são úteis. Podemos ser grandes a fazer pequenas coisas, que gostamos, que sabemos, que são úteis e que nos fazem viver.

Do longe ao perto. Daquilo que as pessoas conseguem ver ao que quero mostrar. Da forma como eu olho, da forma como vejo.

Procuro. Estranho.

Tudo. Nada.

Tudo. A vontade de existir sobre um silêncio, de escutar, de transformar e viver ao mesmo tempo. Os velhos hábitos. Apetece-me escrever sobre tudo. Imaginar e dialogar. Desenrascava e não gostava. Não queria e não fantasiava. Nada.